Home

d70ce3e7-2786-48c8-861b-38bb8c249be9O Projeto de Lei 4.330 do empresário-deputado Sandro Mabel, a chamada terceirização, é para a maioria da sociedade civil um projeto que ofende, agride e esfacela os direitos dos trabalhadores construídos com lutas históricas. Entretanto, não é assim que é considerado pelo sadismo e inveja dos deputados-patronais que votaram pela sua aprovação na Câmara dos Deputados. Diante da leitura dessa irracionalidade, a sociedade civil com suas representações democráticas vem se posicionando para que no Senado essa anomalia seja desconstruída para o bem dos trabalhadores e da democracia.

Diante desse quadro terrorista ameaçador dos direitos dos trabalhadores, a Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra) lançou, na Câmara dos Deputados, a sétima edição de sua agenda político-institucional se posicionando contra a aprovação da terceirização e qualquer proposta que precarize os direitos trabalhistas.

“A terceirização não deve ser utilizada como um mecanismo de flexibilização e deterioração e das relações de…

Ver o post original 161 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s