Home

Flávio Chaves

Na primeira entrevista após a conturbada saída do Ministério da Educação (MEC), o ex-ministro Cid Gomes (Pros) avaliou que o Brasil vive hoje uma espécie de “presidencialismo parlamentar”, com um Congresso com “muito pouco” compromisso com a governabilidade e um governo cada vez mais dependente do PMDB.

Diante desse cenário, Cid Gomes prevê que a presidente Dilma Rousseff enfrentará muita dificuldade para aprovar o ajuste fiscal. “Vivemos hoje um presidencialismo parlamentar, com um Congresso que tem muito pouco compromisso com os reais problemas do país”, afirmou, em entrevista exclusiva ao Broadcast Político, serviço de notícias em tempo real da Agência Estado.

De acordo com ele, falta atualmente uma “sintonia” entre os Poderes Executivo e Legislativo. Não por questões ideológicas, mas por motivos “fisiológicos”, com um Parlamento onde são poucos os que têm compromisso com a governabilidade.

O ex-governador do Ceará avaliou que esse cenário é agravado por um PMDB com…

Ver o post original 74 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s