Home

Gavião da Paraíba

Mais de 45.000 egípcios fugiram da Líbia desde o anúncio, em 15 de fevereiro, da decapitação de 21 cristãos coptas pela facção radical Estado Islâmico (EI), informaram nesta sexta-feira (20) funcionários e veículos oficiais egípcios.

O Egito havia pedido que seus cidadãos deixem a Líbia depois da execução dos coptas, que em sua grande maioria eram egípcios.O número de egípcios que vivem na Líbia não é conhecido, pois muitos entraram ilegalmente, mas estima-se que pode chegar a centenas de milhares. Eles trabalham especialmente com construção e artesanato.

Ver o post original 75 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s